Filipinas

 

As Filipinas são o sinónimo de campos de arroz cor de esmeralda, megalópoles frenéticas, jeepneys coloridos, vulcões impetuosos, búfalos de água peludos e um povo sempre sorridente e despreocupado. Quando se chega às Filipinas, fica-se surpreendido ao encontrar um destino onde os clérigos ocupam o lugar dos monges budistas, os triciclos substituem os tuk tuks e a marinada substitui o pho. O destino oferece a oportunidade de nadar com os tubarões-baleia, escalar vulcões, explorar as ilhas desertas, apreciar a vista dos terraços de arroz antigos, fazer mergulho em enclaves extraordinários ou aventurar-se na selva para ir ao encontro das tribos. As Filipinas são um país único não só geograficamente, mas também culturalmente e espiritualmente. A característica mais óbvia é o arraigado Catolicismo que é o resultado de 350 anos de domínio espanhol. Por outro lado, os centros comerciais, as cadeias de fast food e o uso do Inglês como língua oficial mostram a influência do seu sucessor, os Estados Unidos. Talvez pela mistura dessas influências, o país possui um carácter único. Os Filipinos são acolhedores e otimistas, e essa atitude, cativa os visitantes.

Nome oficial

República das Filipinas

 

Regime Político

República Federal Parlamentar

 

Superfície

298.170 km²

 

População

103.775.000 habitantes.

 

Capital

Manila

 

Grupos Étnicos

28,1% dos filipinos são tagalogs, 13,1% são Cebuanos, 9% Ilocanos, 7,6% bisayanos, 7,5% hiligainones, 6% bícoles, 3,4% samarenhos e os restantes 25,3% são classificados como "outros". Esta classificação geral pode ser dividida para mostrar os grupos tribais mais minoritários como o mouro, o pampango, o pangasinense, o ibanag e o ivatan, e vários povos indígenas, como o igorot, o lumad, o mangyan, o bajau e as tribos palawan.

 

Língua

As línguas oficiais são o filipino (baseada no tagalog) e o inglês. Além disso, existe uma centena de grupos étnico-linguísticos que pertencem à família malaio-polinésia, não mutuamente inteligíveis, e 12 das quais são importantes em número (mais de 1 milhão de habitantes). As línguas locais mais importantes são o tagalog falado em Metro Manila e na região central de Luzón. O Ilocano é falado no norte de Luzon, o Cebuano em Cebu e Mindanao, o ilongo nalgumas partes de Visayas e o chabacano, com origem na língua espanhola, é falado na região de Zamboanga e Cavite.

 

Religião

Estado laico. 80% da população é católica, 5% é muçulmana e 3% evangélica. Os restantes 2% pertencem à Igreja Filipina de Cristo.

 

Informações Úteis

Guia do viajante

Que fazer

Leitura recomendada

Links

 

Destino operado pela:

Noticias

Mapa


Fotos

retorno