Tibete

 

O Tibete, trancado na sua fortaleza ao longo dos Himalaias, é conhecido como o Shangri-la, Terra de Neve ou o Teto do Mundo. O Tibete é misterioso como poucos lugares no mundo, apesar da ocupação da China em 1950. Desde essa altura que a vida não foi fácil para os tibetanos, não só pelo tempo, mas também pela repressão cultural deliberada a que foi submetida que é a pior calamidade que já teve que suportar. O Tibete sempre exerceu um fascínio extraordinário na imaginação do mundo Ocidental. É como um canto da sereia que nos chama de qualquer maneira para conhecer este lugar mágico, apesar de ter perdido parte da sua identidade.

Nome oficial

Tíbete (divisão administrativa da China)

 

Regime Político

República comunista (China)

 

Superfície

1.221.600 km² km²

 

População

2.700.000 habitantes.

 

Capital

Lhasa

 

Grupos Étnicos

Principalmente ocupada pelos tibetanos e variedades de grupos tibetanos marcados pelas regiões como os Khampa, LHOP ou os Monpas. Há também uma minoria muçulmana Hui. Mas, atualmente, com a chegada dos chineses, podemos ver todos os tipos de grupos étnicos que os chineses Han dominam.

 

Língua

A língua oficial é o Mandarim, no entanto, muitas pessoas falam os dialetos tibetanos.

 

Religião

Apesar da ocupação da China, a religião principal é o Budismo, mas está a mudar com a chegada dos imigrantes chineses. Há uma pequena minoria de muçulmanos.

 

Informações Úteis

Guia do viajante

Que fazer

Leitura recomendada

Links

 

Destino operado pela:

Noticias

Mapa


Fotos

retorno