Mongólia

 

Misturar as vastas paisagens de Gobi, as montanhas nevadas da Bayan-Olgi e os desfiladeiros dramáticos, e lagos cintilantes de Khövsgöl (ou Hovsgol). Polvilhado por quentes casas dos nómadas e o grito de uma águia. Acrescentamos os templos budistas, as misteriosas ruínas, a fauna abundante e uma lendária hospitalidade e terminamos com um conquistador que começou do nada e acabou por mudar a História. Desta forma, temos uma descrição muito fiel de um país chamado Mongólia. E se esta descrição perpetua a crença que estamos num país virgem, temos que acrescentar a parte da nova Mongólia com os cibercafés em Ulaanbaatar, pastores a conversar ao telemóvel, bares, yurtas ecológicas e cafés vegetarianos. Desde a queda do comunismo que a Mongólia fez quase tudo o que tinha ao seu alcance para abrir as suas portas ao mundo. Porém as antigas tradições sobrevivem e a natureza selvagem está ainda quase intacta.

Nome oficial

Mongol Uls (Mongólia)

 

Regime Político

República parlamentarista

 

Superfície

1.564.100 km²

 

População

3.179.997 habitantes.

 

Capital

Ulan Bator

 

Grupos Étnicos

A maioria dos cidadãos da Mongólia são da etnia dos mongóis, principalmente Khalkha mongóis. No entanto, existem minorias com cazaque, uigures e tuvans. Quase 4 milhões de mongóis vivem no exterior. A religião predominante é budismo tibetano.

 

Língua

A língua oficial é o Calca-Mongol que é falada por 90% da população

 

Religião

Atualmente, o Budismo é a maior religião no país.

 

Informações Úteis

Guia do viajante

Que fazer

Leitura recomendada

Links

 

Destino operado pela:

Noticias

Mapa


Fotos

retorno